5 dicas para acalmar um cão hiperativo

a imagem contém uma mulher meditando e um cachorro em seu colo.

Conteúdo:

Estas dicas são na verdade, técnicas super simples que podem ser aplicadas em casa e sem qualquer ajuda.

A hiperatividade, tanto em humanos quanto em animais de estimação, é um problema com muitas causas e possíveis soluções.

Se você tem um cão muito barulhento que parece ter um comportamento hiperativo, nós lhe ensinaremos algumas técnicas simples que você pode tentar em casa para trabalhar com ele.

Ignorar o comportamento

Os cães hiperativos frequentemente buscam a atenção de seu dono. É muito importante que na próxima vez que seu cão pular sobre você de maneira hiperativa você não o toque, não fale com ele e não o olhe nos olhos. Você pode ficar surpreso com a rapidez com que seu cão se acalma.

Dê brinquedos interativos

É importante que o seu cão tenha brinquedos que exijam algum esforço, que aguce a sua curiosidade, como por exemplo, brinquedos que possuem espaços onde podem ser colocados petiscos, por exemplo, que são liberados pouco a pouco, sempre que o cão mexe com o brinquedo.

Vá dar uma caminhada

Se seu cão tem muita energia armazenada, uma boa caminhada rápida é outra ótima maneira de redirecioná-lo para onde você quiser. Uma vez que a energia extra é queimada, seu cão deve ser simpático e muito exausto para pular de um modo hiperativo.

Controle sua energia

Seu cão é seu espelho. Toda a energia que você projeta será refletida nele. Os humores nervosos ou ansiosos podem ser transmitidos em linguagem corporal nervosa ou ansiosa, ou em tons de voz, e podem afetar a energia de seu cão.

Experimente a aromaterapia

Não esqueça que os cães vivem o mundo principalmente pelo olfato. Assim como eles dizem que o cheiro de lavanda relaxa os humanos, um cheiro delicado também pode ter um efeito muito calmante em seu animal de estimação. Consulte um profissional para descobrir quais aromas podem funcionar em seu cão e quais métodos de dispersão são os mais seguros para seu cão. Profissional nem sempre significa veterinário, pois ele pode ser um especialista em homeopatia, treinador comportamental, etc.

E você, tem um amigão hiperativo?

Essas dicas vão te ajudar!

Comentários