Meu cachorro tem alergia alimentar?

a imagem contem um cachorro deitado em um sofá cinza.

Conteúdo:

As alergias alimentares em cães podem ser difíceis de identificar. Os sintomas não são os que muitos tutores esperam, e existem muitos mitos por aí sobre alergias alimentares em cães. As verdadeiras alergias alimentares não são tão comuns em cães, por exemplo.

Veja como você pode descobrir se seu cão tem alergia alimentar e o que você pode fazer a respeito.

Como saber ser meu cachorro tem alergia alimentar?

Quando as pessoas pensam em alergias a alimentos para animais de estimação, muitas vezes passam para problemas gastrointestinais. No entanto, as alergias alimentares em cães podem ou não vir com dores de estômago.

Os sintomas mais comuns de alergia alimentar em cães, na verdade, aparecem como reações na pele.

À primeira vista, isso parece estranho, mas faz mais sentido quando você pensa em como as pessoas reagem às alergias alimentares.

Os cães com alergia alimentar não verificada também podem ter problemas com os ouvidos.

Alguns dos problemas de saúde mais comuns associados a alergias à comida de cachorro são:

  • Coceira crônica;
  • Lesões de pele, causadas por ele mesmo ao se coçar;
  • Infecções de ouvido frequentes.

Sintomas semelhantes podem ser causados ​​por alergias ambientais como pólen, mofo e ácaros domésticos, mas estes, pelo menos no início, costumam ser sazonais.

Por esse motivo, é importante monitorar se os sintomas do seu cão diminuem com a mudança das estações.

Quando se desenvolvem as alergias alimentares em cães?

É importante lembrar que as alergias alimentares podem ocorrer a qualquer momento. Um alimento que seu cão tenha consumido por anos sem problemas pode causar repentinamente uma reação alérgica ou os sintomas podem se desenvolver logo após você mudar a dieta do seu cão.

Como as alergias alimentares são diagnosticadas?

Diagnosticar alergias alimentares em cães nem sempre é um processo simples. Não é como se houvesse um teste simples que pode dizer instantaneamente a que seu cão é alérgico ou, se realmente, ele tem alguma alergia alimentar.

Você tem que começar com a ajuda do seu veterinário, para saber com certeza se os problemas de pele ou de ouvido do seu cão são causados ​​por alergias alimentares.

Seu veterinário fará um histórico completo de seu animal de estimação e fará um exame geral.

Em seguida, eles provavelmente farão testes para descartar doenças com sintomas semelhantes, como sarna, micose, infecções por fungos, infecções bacterianas, infestações por pulgas e alergias ambientais.

Descartar essas condições vem primeiro porque as verdadeiras alergias alimentares são relativamente incomuns.

Se não houver outra causa aparente para os sintomas do seu cão, o veterinário pode começar a suspeitar que as alergias alimentares estão por trás da coceira da pele ou das infecções de ouvido do seu cão.

Mesmo que o veterinário encontre uma “razão” para os problemas de pele do seu cão, ele ainda pode suspeitar que uma reação alimentar adversa é pelo menos parcialmente responsável, uma vez que, por exemplo, infecções fúngicas podem se desenvolver como resultado de alergias alimentares.

Uma vez que o diagnóstico de alergia alimentar parece ser uma possibilidade razoável, seu veterinário recomendará um teste alimentar.

Como iniciar um teste alimentar?

Iniciar um teste de comida para seu cão significa que ele irá comer uma dieta prescrita e absolutamente nada mais por alguns meses para ver se os sintomas desaparecem.

Se o fizerem, alguns veterinários irão sugerir que você volte à velha dieta do cão para ver se os sintomas retornam para garantir que o cão é realmente alérgico a um ou mais ingredientes em sua dieta “regular”.

Ver os resultados do teste alimentar não é uma garantia de que seu animal de estimação tem alergia alimentar. Em alguns casos, você pode descobrir que seu cão tem intolerância alimentar.

Alergias e a comida

As alergias alimentares ocorrem quando o sistema imunológico responde inadequadamente a algo (geralmente uma proteína) encontrado na dieta.

Em vez de tratar essa substância perfeitamente inofensiva como deveria, o sistema imunológico a trata como uma ameaça - uma espécie de invasor.

Uma intolerância alimentar é diferente de uma alergia porque os sintomas não são causados ​​por uma reação imunológica.

Em cães, as intolerâncias alimentares geralmente causam problemas de barriga; podem vomitar ou ter diarreia, gases graves ou falta de apetite.

Tratamento de alergias alimentares em cães

A única maneira eficaz de tratar uma alergia alimentar em cães é mudar sua dieta.

Embora os alimentos sem grãos sejam frequentemente considerados bons para as alergias alimentares, a ciência nos diz que as fontes de proteína são as mais propensas a serem as culpadas. De acordo com um estudo publicado em 2016, as três principais causas mais comuns de alergias alimentares em cães são carne bovina, laticínios e frango.

Aqui estão algumas abordagens diferentes para o tratamento de alergias alimentares em cães.

Novas Proteínas: essa abordagem envolve a alimentação com proteínas às quais seu cão provavelmente nunca foi exposto, em um esforço para evitar uma reação alérgica. Coelho, veado e outros ingredientes novos são usados ​​no lugar de fontes de proteína mais comuns.

Proteínas Hidrolisadas: em vez de alterar quais proteínas são usadas, as dietas de prescrição de proteínas hidrolisadas decompõem as proteínas de modo que o sistema imunológico não as reconheça mais como uma ameaça.

Tratamento de problemas de ouvido e pele coceira causados ​​por alergias alimentares

A única maneira de tratar uma alergia alimentar é remover o alimento nocivo da dieta do cão, mas existem opções para tratar temporariamente os sintomas causados ​​por alergias alimentares.

Às vezes, medicamentos orais e tópicos são prescritos para ajudar a minimizar a coceira. Quaisquer problemas secundários, como infecções de pele ou de ouvido, também terão que ser resolvidos.

Se você estiver preocupado com qualquer sintoma que seu cão esteja apresentando, ou simplesmente se perguntando se o alimento que está oferecendo é a melhor escolha para seu animal de estimação, fale com seu veterinário.

Para que você  tenha sempre o melhor atendimento do profissional veterinário, nossa recomendação é o plano de saúde Nofaro, a rede credenciada conta com clínicas veterinárias com Plantão 24h, para que seu pet possa sempre ser atendido em casos de emergência, e conta com especialistas como neurologistas, dermatologistas, fisioterapeutas, oftalmologistas, ortopedistas, anestesistas, endocrinologistas, ou seja, seus pets serão muito bem assistidos. E você ainda pode contar com o atendimento a domicílio.

A contratação do Plano é feita diretamente pelo site. De onde você estiver, é simples, prático e totalmente. Após a contratação, você receberá um e-mail com a cópia do seu contrato e as instruções de acesso ao Espaço do Cliente. É através dele que você acessa todas as informações do Plano do seu Pet e acompanha todos os serviços da Nofaro.

Ou seja, seu pet fica protegido e com atendimento garantido, e você fica tranquilo sabendo que seu melhor amigo estará em ótimas mãos.

Contrate seu plano pelo link e ganhe 20% de desconto: Plano de saúde Nofaro

Comentários